Announcements
Família e grupo de amigos entregam donativo ao i3S para investigação em cancro
2018/9/13
 

Com o objetivo de cumprir uma das últimas vontades de Jorge Leite, os sobrinhos, irmãos e amigos da sua terra natal, em Calvos, Guimarães, decidiram recolher o dinheiro que iriam gastar em flores no seu funeral e entregar um donativo de cerca de 500 euros a uma instituição de investigação em cancro. Os 16 sobrinhos escolheram o i3S e o Ipatimup por se tratar de «um dos melhores centros de investigação em cancro em Portugal». «Queremos também incentivar mais causas a ajudar este Instituto a salvar vidas», sublinha Olga Guimarães, uma das sobrinhas.

 

«O nosso tio Jorge faleceu no hospital Saint-Louis, em Paris, no passado dia 12 de agosto de 2018, com 67 anos, com um cancro no intestino. Faleceu quando já nem a morfina lhe aliviava as dores, mas esteve consciente até ao último segundo da sua vida. A doença foi diagnosticada em dezembro de 2017 e foi a primeira vez que não apanhou o avião para passar o Natal connosco», conta a sobrinha. «O nosso tio que tanto prezava a família, que tanto prezava os convívios com a nossa grande e unida família Leite. O nosso tio que, apesar de viver em França, apanhou vezes e vezes sem conta o avião para se juntar nos convívios de família...», lamenta Olga Guimarães.

 

«Os meses foram passando entre tratamentos, consultas, internamentos e o nosso tio sempre lutou e sempre foi otimista. Não queria morrer. Tinha ainda tantos projetos para acabar», recorda a sobrinha.

 

Este donativo, sublinha o grupo de cerca de 25 pessoas que se juntou com este propósito, é também «uma forma de mostrarmos que o Tio Jorge continua e sempre continuará presente em nós».

 
 
Send Email
From
To
Subject