Project Detail
Metastização Cerebral: o impacto molecular e biomecânico das células tumorais no microambiente cerebral
 
Team
 
Sponsor
FCT
 
Dates and Lifetime
From: 2019-03-15 To: 2022-03-14
Duration: 36 months
 
Reference
POCI-01-0145-FEDER-030625
  

 

 

Projeto nº 30625

 

Designação do projeto: Metastização Cerebral: o impacto molecular e biomecânico das células tumorais no microambiente cerebral

 

Apoio à Investigação Científica e Tecnológica

 

Objetivo principal: Identificar o impacto do secretoma de células de cancro da mama na modulação do microambiente cerebral

 

Região de intervenção: Norte

 

Entidade beneficiária: IPATIMUP

Instituição participante: UC

Instituição participante: INEB

 


 

Data de aprovação: 18-12-2018

 

Data de início: 15-03-2019

 

Data de conclusão: 14-03-2022

 

 

Investimento Total: 239.804,80€

 

Entidade

Elegível

 Apoio FEDER

Apoio OE

IPATIMUP

174.804,80€

148.584,08€

26.220,72€

INEB

50.000,00€

42.500,00€

7.500,00€

UC

15.000,00€

12.750,00€

2.250,00€


 

 

Localização do projeto:

 

 

 

Síntese do projeto:

 

As metástases cerebrais afetam cerca de 10%-20% dos pacientes com cancro de mama metastático, ocorrendo frequentemente após tratamento sistémico e estando associadas à pior sobrevida observada para estes pacientes.

 

Vários estudos mostram que as células tumorais modulam os nichos metastáticos muito antes de atingirem o órgão-alvo. Em particular, fatores solúveis secretadas pelas células tumorais viajam na corrente sanguínea desde o tumor primário até aos locais pré-metastáticos, muito antes da chegada das células tumorais. Esses fatores são vistos como uma fonte promissora para a descoberta de novos biomarcadores presentes na progressão metastática.

 

Neste projeto, onde o foco está mais centrado no microambiente metastático e nas modificações da matriz extracelular que podem potenciar a metastização cerebral, propomos abordar  as seguintes questões:

 

1) O secretoma, das células de cancro da mama que metastizam para o cérebro, é capaz de preparar o nicho metastático, aumentando a permeabilidade da barreira hemato-encefálica (BBB) e remodelando a matriz extracelular (ECM) do cérebro?

 

2) Essas alterações na BBB e ECM são cruciais para o crescimento de células de cancro da mama no cérebro?

 

3) Quais são os determinantes moleculares que induzem essas alterações pró-metastáticas na BBB e na ECM?

 

4) Podemos usar esses determinantes moleculares como biomarcadores para prever a ocorrência de metástases cerebrais?

 

Como resultados do projeto, pretendemos compreender o processo biológico associado à mestatização cerebral, em particular à modulação do nicho pré-metastático, de forma a conseguirmos transformar esse conhecimento em dados que terão impacto clínico no tratamento de doentes com metástases cerebrais.

 


 

  
Send Email
From
To
Subject